Nome Comum: Borrelho-pequeno-de-coleira

Nome Científico: Charadrius dubius Scopoli, 1786

Classificação Científica:
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Charadriiformes
Família Charadriidae
Género Charadrius
Espécie C. dubius

Sinonímias: Aegialitis dubia, Aegialitis fluviatilis

Estatuto de Conservação: LC - Pouco Preocupante

A presença de um anel ocular "amarelo-vivo", ajuda a distingui-lo dos outros borrelhos que ocorrem em Portugal. Na cabeça de tonalidade castanha/creme, apresenta uma máscara preta que se une a uma lista preta na testa. Outra característica importante é a presença de um colar completo e negro. O dorso apresenta tons entre o castanho e o creme, enquanto a garganta e o ventre são brancos. O bico é preto e as patas são pálidas e amareladas.

Nidifica nas margens cascalhentas ou arenosas de ribeiras com pouca corrente, barragens, albufeiras e lagoas. Evita zonas de água salgada, podendo ocorrer na faixa costeira durante a época migratória.

É uma ave migradora estival (Março a Setembro) que ocorre preferencialmente na zona interior sul, sendo frequente no interior do Alentejo, apesar de marcar presença em todo o país.

Onde se pode encontrar:

Parque Natural do Vale do Guadiana




Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

Portal "Aves de Portugal"
Onde observar:

Autor: MVBIO Validado por: