Nome Comum: Nudibrânquio

Nome Científico: Cadlina laevis

Classificação Científica:
Reino Animalia
Filo Mollusca
Classe Gastropoda
Ordem Nudibranchia
Família Cadlinidae
Género Cadlina
Espécie C. laevis

Sinonímias: Cadlina repanda, Doris laevis, D. marginata, D. obvelata

Estatuto de Conservação: NE - Não Avaliado

Corpo oval, até 30 mm de comprimento, branco translúcido, coberto por numerosas papilas, que podem ser brancas ou amarelas. A variante mais frequente na costa portuguesa tem uma linha amarela na orla do manto. Rinóforos brancos com lamelas oblíquas. As brânquias são brancas e estão frequentemente recolhidas. Ao contrário da maior parte das espécies de nudibrânquio que têm uma longevidade de cerca de um ano, esta pode viver até sete anos. Trata-se de uma espécie com desenvolvimento directo mais activa nos meses de inverno.

Vive no infralitoral em fundos rochosos, sendo mais frequente entre os 10 e os 30 metros de profundidade. Alimenta-se das esponjas Halisarca dujardini e Dysidea fragilis.

Presente em Portugal continental, sendo mais comum na costa norte e progressivamente mais rara para sul.

Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

Autor: João Pedro Silva Validado por: