Parque Natural da Serra de São Mamede

Abrange o mais importante dos relevos alentejanos: a Serra de São Mamede. Destaca-se pela diversidade paisagística (montanha, montado, rios, albufeiras e regadios) e pela grande variedade do coberto vegetal, que espelha tanto as influências atlânticas como as mediterrânicas. Constituído por uma enorme variedade de habitats, destaca-se pela sua importância enquanto sítio de referência para as aves de rapina. Graças à geomorfologia e clima da Serra de São Mamede, uma barreira continental à influência atlântica, o Parque é o limite sul para muitas espécies de fauna e flora de distribuição atlântica que ocorrem nas vertentes norte e oeste da serra. Em contraste, nas vertentes sul e leste observa-se a influência mediterrânica, que se traduz na ocorrência de espécies de regiões mais secas, tipicamente mediterrânicas.

Adaptado do ICNF | Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, I. P.